APÓS REUNIÃO COM PREFEITURA E PROCON, ENEL APRESENTARÁ READEQUAÇÃO DE ATENDIMENTO EM 15 DIAS

Foi realizada na última sexta-feira (18/11) no Auditório da Prefeitura uma reunião com representantes da Sociedade Civil, Governo Municipal, Procon e Enel com o objetivo de encontrar soluções para os problemas no atendimento à população em momentos de queda de fornecimento de energia elétrica. O encontro definiu que a Enel apresentará uma readequação e um realinhamento da qualidade de suas atuações em Cachoeiras de Macacu em 15 dias.


“O intuito desta reunião é que possamos discutir e melhorar os serviços prestados à população e agilizar o atendimento. Pois é inadmissível o que aconteceu entre os dias 27 e 29 de outubro em que tivemos situações de bairros que ficaram mais de 24 horas sem energia elétrica, e o pior, comerciantes tiveram prejuízos pois foi um sábado com grande apelo festivo. Precisamos que a Enel melhore o atendimento e agilize os atendimentos à população”, iniciou o Prefeito Rafael Miranda.


Pela Enel, as representantes Andreia Andrade (Gerente de Relações Institucionais) e Gabriela Cavalcante (Responsável pela Base Operacional de Magé) reconheceram o problema do fim de semana e destacaram os pontos que dificultaram o atendimento. “Estamos felizes com o diálogo com o município. Destacamos que temos uma postura preventiva mas certas ocorrências não deixarão de acontecer até pela característica do serviço.


A Enel tem investido em manutenção, equipamentos, automação para que a energia elétrica retorne o quanto antes”, disse Andreia. “Nos dias que ocorreram essas quedas de energia foram registrados eventos climáticos que prejudicaram o nosso atendimento. Tivemos dias atípicos com chuva, muito vento e raios o que ocasionou um grande incêndio, por isso, devido à necessidade de seguirmos as normas brasileiras tivemos que aguardar a ação do Corpo de Bombeiros para iniciar o atendimento o que ocasionou a demora” reforçou Gabriela.


“Já trabalhei no setor e uma coisa me intriga, de acordo dados da Aneel o tempo de espera de atendimento da Enel em Cachoeiras de Macacu é de 360 minutos (6 horas), essa duração está muito alta em comparação com a média de outros municípios o que causa um grande transtorno a população. Também podemos citar um problema recorrente da empresa é a não limpeza após poda de galhos de árvores. Outro problema que identifico é que toda a rede do município é ligada a uma única conexão, então se ocorre algum problema todo o município fica sem fornecimento de energia”, destacou Celso Vilardo (Comissão Municipal de Energia Elétrica).


O vereador Dunga disse que a empresa tem agido com descaso em algumas áreas do município. “Recebo diversas reclamações de moradores sobre os serviços prestados pela Enel principalmente nas localidades do Pombal e da Bonanza, a empresa chega a cobrar contrapartida do morador na substituição e instalação de postes”, disse Dunga.

O Chefe do Executivo reforçou que não admitirá que Cachoeiras de Macacu seja tratada com indiferença. “Não aceitaremos que o município seja tratado com indiferença, queremos a mesma qualidade de serviços que são prestados em outros municípios. Precisamos de uma base operacional no município para agilizar os atendimentos. Em breve passaremos pelo período mais quente e o município recebe diversos turistas e não podemos ser tratados como final de linha” enfatizou o Prefeito.


“A Enel precisa resolver o problema de Cachoeiras de Macacu e assegurar ao consumidor o mínimo e em tempos contemporâneos não é admissível que a empresa não informe ao consumidor o que está acontecendo. Temos níveis de diálogo que vão desde audiência conciliatória, litigiosa e multa a empresa e estamos trabalhando para resolver a questão para que o prejudicado não seja o consumidor”, concluiu a Coordenadora Geral de Atendimento do Procon, Soraia Panella.


Participaram da reunião os vereadores Lucas Stutz, Fabrício Português, Dudu do Povão, Ivan Dionísio e Celino; o Advogado e Assessor Parlamentar da Alerj, André Leite; representantes da Comissão Municipal de Energia Elétrica Odilon (Guapiaçu), Celso Vilardo (Agro Brasil), Adriana e José Carlos (Castália), Waldiley (Cerci), Davi Ruas (OAB CM) e Carlos Trugilho (Acecam); além de diversos secretários municipais e população em geral.


Prefeitura de Cachoeiras de Macacu #MaisPertodeVocê