Horta Comunitária do bairro 70 tem primeira colheita

Inaugurada no início do mês de julho a Horta Comunitária do Bairro 70 teve sua primeira colheita na última quarta-feira (3/8). Produtos como alfavaca, cebolinha, rúcula, couve, alface, salsinha, orégano e hortelã foram colhidos e doados gratuitamente para aproximadamente 25 famílias do bairro.


Criada após iniciativa da comunidade, a Horta Comunitária, é realizada pela Prefeitura através da Secretaria Municipal de Agricultura.


“O principal objetivo da horta, aqui no bairro 70, é mostrar para as crianças como se prepara o solo, como se planta, como se rega, como se cuida e como se colhe os legumes e verduras, é induzir a eles a consumirem mais estes alimentos. É um trabalho de acabar com aquele pensamento delas que elass não gostam, mesmo sem antes experimentar, e sem conhecer o processo de produção dos alimentos. É uma horta educativa” disse o Secretário de Agricultura Marcos Gois.


A idealizadora da ação falou de suas motivações para realizar a Horta. “Eu sempre via muita dificuldade das crianças de comerem verduras e legumes. Sempre que eu faço um projeto com a pastoral da criança eu levo as verduras e legumes e as crianças sempre falam que não queriam e que não gostavam, ai lá sempre faço danone de inhame e outros produtos e as crianças sempre gostam. Eu percebi que se elas plantassem, conhecessem todo o processo de produção, elas se interessariam mais em comer verduras e legumes, isso sempre me estimulou a querer fazer uma ação maior para a comunidade. Ai um dia encontrei o prefeito na rua e falei com ele da ideia de fazermos uma horta aqui no bairro 70, na mesma hora ele se prontificou a ajudar e em menos de um mês já estava tudo pronto e hoje estamos aqui realizando a colheita”, enfatizou Aline Silva de Araújo.


Quem cuida e toma conta da Horta do Bairro 70 é o jovem Rômulo da Silva de 12 anos que falou um pouco de como é cuidar da horta comunitária. “Poxa, eu fico muito feliz de terem me escolhido, eu gostei muito de fazer, estar cuidando, ter plantado todo o processo. De tudo o que foi plantado ali eu gostei mais de plantar foi a alface, pois é uma das verduras que eu mais gosto. Agora quero plantar pepino, que é uma das coisas que eu mais gosto, e abobrinha”, disse o jovem.


“Colhemos hoje aqui aproximadamente oito produtos que serão levados pelas crianças para suas casas. Agora de acordo com o novo ciclo de plantio respeitaremos a lei da natureza, outros produtos que serão cultivados aqui, agora plantaremos respeitando a época, vamos plantar abobrinha, pepino, pimentão, tomate, culturas que são propícias para esta época. Esse é um projeto piloto onde teve uma motivação pela comunidade, temos a ideia de expandir para outras localidades desde que a iniciativa parta da comunidade pois é ela que cuidará de todo o processo”, finalizou o secretário.


Prefeitura de Cachoeiras de Macacu #MaisPertoDeVocê